ANÁLISE: Cartaxo perde e Cícero soma. Diego Tavares, o reforço de peso em um time que vem se fortalecendo.

Os bastidores na política pessoense andam bastante agitados, a cada dia uma novidade que muda o cenário eleitoral na cidade. Após o ressurgimento de Cássio, outro que volta e já faz um tremendo barulho é o Diego Tavares, que até outro tempo atrás era um fortíssimo pré-candidato a prefeito de João Pessoa, contando com o possível apoio de Luciano Cartaxo.

Agora as coisas são bem diferentes, após não ser escolhido pelo clã Cartaxista como o representante do grupo, Diego Tavares volta ao cenário já declarando apoio a pré-candidatura de Cícero Lucena, evidenciando ainda mais a falta de diálogo no grupo de Cartaxo, que resultou na saída tantas outras lideranças importantes da nossa capital e no isolamento político do atual prefeito.

Diego é daqueles coringas que poucas gestões podem ter. Além de ser um exímio gestor, é também bastante articulado no meio político, possuindo fácil trânsito em vários grupos políticos do estado. Não é à toa que é 1º suplente da senadora Daniella Ribeiro, não foi à toa que coordenou a campanha de Luciano Cartaxo em 2016 e também não é à toa que até hoje nos bastidores comenta-se ainda que: “ah se o candidato fosse Diego, teria emplacado de vez”.

Pois é amigos, a política e suas reviravoltas. De escanteado a reforço de peso em uma pré-candidatura que vem aglutinando mais adesões e diversos apoios. A certeza que temos é que Cícero Lucena está montando um time forte para uma das partidas mais difíceis que João Pessoa já viu. As eleições 2020 são as mais disputadas dos últimos tempos em nossa cidade.

 

Filipe da Mata 

Analista Político.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *