Bolsonaro sanciona recursos de R$ 10 milhões para retomada das obras no Complexo de Piscicultura de Bananeiras

A Presidência da República aprovou, na última segunda-feira (17), crédito especial para conclusão do Complexo de Piscicultura de Bananeiras, no Brejo paraibano. São R$ 10,2 milhões destinados ao Ministério da Agricultura para custear o projeto, que teve a articulação do deputado Efraim Filho, incentivador do desenvolvimento na região do Brejo.

Efraim aproveitou para afirmar: “agradeço a sensibilidade e atenção da Ministra da Agricultura e Pesca, Teresa Cristina (DEM) e do Presidente Jair Bolsonaro que sancionou o projeto com o crédito especial para essa finalidade. A pesca da Tilápia, especialmente, é uma vocação econômica e novo arranjo produtivo daquele local. A conclusão das obras vai permitir geração de emprego e renda numa região entre as que mais se desenvolvem na Paraíba”.

A primeira fase do projeto foi concluída no final de 2019, com investimentos de aproximadamente R$ 5 milhões. Desde essa data, o prefeito de Bananeiras Douglas Lucena e o líder do Democratas, Efraim Filho, percorreram os gabinetes do Tribunal de Contas da União (TCU), do Ministério da Agricultura e do Ministério da Economia, para concretizar a elaboração da emenda e a sanção do projeto pelo Presidente Bolsonaro.

O convênio do Complexo, pactuado com a Prefeitura de Bananeiras em 2013, tem o intuito de desenvolver a política nacional pesqueira e aquícola e é composto por duas estruturas industriais: Centro de Abate e Processamento de Peixes e Fábrica de Ração com Fábrica de Farinha de Peixes, único com esse porte em todo o Brasil.

A conclusão do Complexo deve gerar 250 empregos diretos e a fomentação de uma cadeia produtiva na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *