Câmara derruba determinação do STF e anula afastamento de Wilson Santiago

O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou o afastamento do deputado federal paraibano, Wilson Santiago (PTB), determinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello.

Para manter a determinação do STF eram necessários 257 votos a favor do afastamento. Mas por 257 a 170 votos a favor do parecer do relator, o Plenário derrubou a decisão do Supremo.

Wilson Santiago foi denunciado pela Procuradoria Geral da República em dezembro do ano passado pelos crimes de corrupção passiva e organização criminosa, por supostamente ter desviado recursos destinados à construção da adutora Capivara no Sertão da Paraíba.

Com a decisão da Câmara, Santiago será reintegrado.

Apesar disso, Wilson Santiago deverá responder a um processo por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética da Câmara, conforme recomendou o parecer aprovado do relator Marcelo Ramos (PL-AM).

Como votaram os deputados paraibanos

Apenas Pedro Cunha Lima e Ruy Carneiro do PSDB votaram pelo afastamento de Santiago.

Aguinaldo Ribeiro (PP), Damião Feliciano (PDT), Efraim Filho (DEM), Frei Anastácio (PT), Gervásio Maia (PSB), Hugo Motta (Republicanos) e Wellington Roberto (PL), votaram contra.

Edna Henrique (PSDB) se absteve e Julian Lemos (PSL) estava ausente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *