Candidato a vice-prefeito, Leo Bezerra destaca trajetória na Capital e garante que Cícero vai humanizar à Prefeitura

“Falta olhar para o povo de João Pessoa, falta o olhar de Cícero Lucena, que vai humanizar as políticas públicas de nosso município e eu vou poder ajudá-lo, porque queremos o melhor para João Pessoa”. Foi com este compromisso que o candidato a vice-prefeito pela coligação “Pra Cuidar de João Pessoa”, Leo Bezerra (Cidadania), se posicionou, durante debate com candidatos a vice-prefeito de João Pessoa, na noite desta segunda-feira (19), na TV Master.

Leo destacou sua trajetória de luta em favor do povo de João Pessoa na sua intensa atuação na Câmara de João Pessoa, mostrando que a junção de sua garra e juventude com a experiência de Cícero Lucena (Progressistas), irão proporcionar transformações na forma de governar, criando e intensificando políticas públicas para aqueles que mais precisam.

“Eu tenho história nessa cidade. Basta entrar no portal da Câmara que você vai ver que a maioria dos projetos relatados aqui e que estão em nosso plano de governo, eu já pude apresentar como vereador, como o prontuário eletrônico, a lista dos pacientes de espera para cirurgias eletivas, a entrega de medicamentos em casa para hipertensos, diabéticos e portadores de doenças crônicas e o Hospital da Mulher. Nós apresentamos esses projetos, mas infelizmente o prefeito vetou. Nós estamos colocando agora nosso nome à disposição da população de João Pessoa para, junto com Cícero, mudarmos a realidade de nosso município”, afirmou.

Como vereador, Leo assistiu cenas de descaso da atual gestão municipal com o pessoense. É o caso do sucateamento da saúde pública. “Basta olhar a imprensa e ver que o Trauminha foi interditado. O prefeito não teve nem a coragem de ir visitar o hospital, mandou seus assessores. Baratas nas gavetas, paredes mofadas, mas a culpa não é dos funcionários do hospital. A culpa é da gestão, que não dialoga, que não visita os PSFs. A nossa atenção básica está na UTI. Não adianta criar novas UPAs, novos hospitais sem cuidar da atenção básica. Nós queremos que os agentes de saúde voltem para as ruas, que visitem as casas e chamem as pessoas pelo nome. Falta humanizar, falta cuidar do povo”, destacou.

Com Cícero, que tem o melhor plano de governo apresentado ao povo de João Pessoa, Leo se comprometeu em trabalhar para que a cidade seja melhor para o povo.

“Nós temos plano de governo. Nós queremos mudar a forma de fazer política em João Pessoa. Dezesseis anos se passaram e o que mudou na vida da população? Desde a época que Cícero foi prefeito, nada mudou. Nem a saúde, nem a educação melhoraram. Por isso que queremos chamar as categorias para dialogar e não montar propostas vazias, sem entender do Orçamento”, disse.

Parceria para mudar a vida das pessoas

Segurança Pública é uma das principais prioridades no plano de governo de Cícero. Ao explanar sobre propostas para melhoria da Guarda Municipal, Leo Bezerra garantiu que a Prefeitura de João Pessoa terá o Governo do Estado como aliado a fim de construir novas políticas públicas para este setor.

“Queremos fazer parceria com o Governo. Nós temos que equipar a Guarda Municipal, temos que dar suporte à ela para que possa ajudar a Polícia Militar. Implantaremos câmeras de segurança, onde Guardas vão atuar também nesse sentido, junto com a Polícia, para combater o crime, para reduzir índices de violência. O governador João Azevêdo tem feito muito pelas polícias e tenho certeza que com Cícero Lucena na Prefeitura vai também fazer muito pela Guarda Municipal. Juntos nós podemos mais. Ninguém aguenta mais ver brigas políticas. Agora, na saída da pandemia, é o momento certo de parcerias como esta acontecerem. É preciso que Governo do Estado e Prefeitura de João Pessoa trabalhem juntas por um bem comum, que é o cidadão de João Pessoa. É esse o meu pensamento e é para isso que estou aqui, para ser esse elo de ligação entre o governador e Cícero, para trazer melhorias para a nossa cidade”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *