Ciro Gomes tem imóvel penhorado para pagar processo por ofensa a Fernando Collor

O Tribunal de Justiça de São Paulo penhorou um imóvel do ex-governador e ex-ministro Ciro Gomes (PDT) para pagar indenização por danos morais ao senador e ex-presidente Fernando Collor de Mello (PROS-AL), segundo a jornalista Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo. A medida foi pedida pelos advogados do alagoano.

Collor processou Ciro após o pedetista afirmar, em 1999, que Lula deveria ter chamado seu concorrente de “playboy safado” e “cheirador de cocaína” nas eleições de 1989. A indenização foi fixada em R$ 400 mil. Como Ciro não pagou, a Justiça determinou a penhora do imóvel.

“Com o início das eleições, essa condenação vem em boa hora para demonstrar que devem ser mantidos o respeito e a lisura nos debates”, afirmou a advogado de Collor, Regina Manssur.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *