Economia da China tem crescimento recorde no primeiro trimestre

Economia avançou 18,3% na comparação anual, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas. Resultado se deve principalmente à base de comparação com o início de 2020, quando o país ficou paralisado pelo coronavírus.

A China anunciou nesta sexta-feira (16) um crescimento econômico recorde no primeiro trimestre, de 18,3% na comparação com o mesmo período do ano passado, em grande parte devido à base de comparação reduzida em relação ao começo de 2020, quando a pandemia paralisou a atividade.

Embora o salto do Produto Interno Bruto tenha ficado abaixo da expectativa do mercado de 19% em pesquisa da Reuters, os dados oficiais mostraram que esse foi o crescimento mais forte desde que os registros trimestrais começaram em 1992, depois de alta de 6,5% no quarto trimestre de 2020.

O PIB chinês no primeiro trimestre de 2020 havia caído 6,8%, o pior resultado econômico em 44 anos.

Em 2020, o país foi um dos poucos que registrou crescimento econômico, com alta de 2,3% no PIB.

Recuperada do impacto da pandemia, a China projeta um crescimento de pelo menos 6% este ano (dado mais modesto que as previsões dos economistas). O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê um aumento de 8,4% do PIB da segunda maior economia mundial.

“A conclusão é que, com a economia já acima de sua tendência pré-vírus e o suporte sendo retirado, a recuperação da China pós-Covid está se nivelando”, disse Julian Evans-Pritchard, economista sênior da Capital Economics. “Esperamos que o crescimento trimestral permaneça modesto durante o resto do ano conforme o recente boom na construção e nas exportações perca força, levando a atividade de volta à tendência.”

G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *