EM CAJAZEIRAS: Dra. Denise diz que Zé Aldemir é acusado de importunação sexual e prefeito retruca afirmando que seu esposo é quem agride mulher

Uma briga em pleno debate na Arapuan Fm de Cajazeiras deu o que falar nesta sexta-feira (2). Em informações obtidas, o embate entre a Dra Denise (Cidadania) e Zé Aldemir (PP) teve troca de acusações e denúncias de importunação sexual, além de recordações de escândalos como um presente de 200 mil a uma suposta ‘amiga’ por parte do candidato.

A candidata Dra. Denise apresentou documentos com saldos dos recursos da área de saúde, acusando Zé Aldemir, “os recursos ficaram em conta do município, a unidade estava pronta em 80% e você só tinha 20% para concluir e não o fez. Peça informações ao seu secretário para saber onde foi parar o dinheiro”, atacou.

Em sua defesa, Aldemir, questionou a permanência de um secretário investigado na gestão da ex-prefeita. “A senhora foi condizente com a permanência de um secretário investigado em sua gestão”, disse, explicando que todo mundo acompanhou essa investigação das Unidades Básicas de Saúde.

Ao fazer a tréplica, a Dra. continuou acusando seu opositor. “Nem na minha casa, nem na prefeitura houve roubo para eleger deputado estadual e nenhum irmão meu foi preso e nem é foragido da Polícia Federal”, disse.

As trocas de farpas foram além e o candidato Zé Aldemir falou em agressões a mulheres e amantes pelo esposo da sua adversária. “Estou respondendo a altura, as questões de ordem pessoal que a candidata colocou. Quem está inserido na Lei Maria da Penha é seu marido, que bateu em amantes no meio da rua e eu acho que você também está sendo vítima dessas agressões”, desabafou.

 

Com Click PB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *