EM COREMAS: Vereador paraibano diz que vai matar Bolsonaro em áudio vazado e depois pede desculpa: ”me excedi”

Um vereador paraibano está sendo acusado de ameaçar o presidente Jair Bolsonaro. Ronaldo Lima Batista (PDT), conhecido como Ronaldo Pescador, é vereador em Coremas, no Sertão paraibano, e teve um áudio vazado no qual fala em usar uma faca de dez polegadas para matar o presidente.

A ameaça já teria chegado inclusive ao Gabinete de Segurança Institucional (GSI), em Brasília. O presidente deve visitar Coremas no dia 3 de setembro, para participar da inauguração de uma usina fotovoltaica no município. Seria nessa ocasião que Ronaldo Pescador teria chance de atacar o presidente.

”Se você me ver agarrado no paletó de Bolsonaro, não separe. Aquele outro cara, Adélio, não acertou o pulmão dele não. Agora se eu pegar ele com uma faca de 10 polegadas, eu mato até o carona que vai mais ele. Se você me ver agarrado no paletó de Bolsonaro é arrochando a gravata pra ver se eu enforco”, diz Ronaldo Pescador no áudio.

Após a repercussão do áudio, o vereador publicou um vídeo nas redes sociais pedindo desculpa. Ele afirmou que o áudio foi enviado a um amigo em tom de brincadeira, mas reconheceu que se excedeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *