EM JOÃO PESSOA: Com propositura de Carlão, padre Luiz Júnior é homenageado em sessão solene da Câmara: “um homem de Deus, com espírito de liderança, unidade e humildade”

Na tarde dessa segunda-feira (16), o padre Luiz de Souza e Silva Júnior recebeu através de proposta do vereador Carlão (DC), o título de Cidadão Pessoense pelos relevantes serviços de evangelização e trabalho social realizados na Capital Paraíba. O homenageado é natural de Anadia (AL) e a honraria foi concedida, em sessão solene, pela Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP).

Filho do militar Luís de Sousa e Silva e da senhora Josefa Dilza Teixeira, padre Luiz Júnior formou-se em Direito pela Universidade de Maceió, tem especialização em Direito Constitucional na Faculdade da Bahia, cursou Filosofia, Teologia e foi ordenado padre em 2007, na Capital.

Sua primeira missão como religioso foi comandar a Paróquia São Pedro Pescador, no bairro de Manaíra. Em seguida, assumiu a Paróquia São Pedro e São Paulo, em Tíbiri, na cidade de Santa Rita. Em Brasília, ele esteve por três anos à frente da Paróquia Nossa Senhora do Lago. Depois retornou a João Pessoa para cuidar da Paróquia São José, no bairro de José Américo, e nos últimos dois anos, reassumiu a São Pedro Pescador.

Padre Luiz Júnior tem um trabalho social importante de ajuda e acolhimento a pessoas carentes. Ele também integra um grupo de assistência espiritual e material, bem como atua, em conjunto com a Pastoral do Migrante, no acolhimento dos refugiados venezuelanos. O religioso ainda participa de reuniões para debater assuntos de interesse coletivo com representantes de outras religiões.

Segundo o vereador Carlão, o homenageado é um homem de Deus, detentor de virtudes que enchem os olhos de quem lhe acompanha. “Ele demonstra humildade, companheirismo, compreensão, simplicidade, sabedoria, discernimento e, além de todos esses atributos, o espírito de liderança que o capacita a exercer o cargo de vigário geral, correspondendo à expectativa do Arcebispo da Paraíba, Dom Manoel Delson”.

“É uma alegria e uma honra muito grande”, declarou padre Luiz Júnior sobre a concessão da honraria. Para ele, receber a cidadania pessoense é muito importante porque, além de ter irmãos da fé, agora sua responsabilidade aumenta por passar a ter concidadãos. Ele destacou como a cidade foi importante no seu acolhimento e na sua formação pessoal. “João Pessoa é um excelente lugar para se viver. Cidade acolhedora que tem um povo de fé”, afirmou.

A sessão contou com a presença de fieis e representantes das paróquias São José, Santa Júlia, Consolação Misericordiosa e São Pedro Pescador. Também prestigiaram a homenagem o vereador Marcos Henriques (PT), que secretariou os trabalhos da Mesa; padre Marcone Menezes, da Igreja São Francisco e diretor cultural da Igreja São Francisco, que representou o Arcebispo, Dom Delson; padre Luiz José, chanceler da Cúria Arquidiocesana; delegado Ízaias Olegário, coordenador Arquidiocesano do Terço dos Homens; padre Jairo Neves, secretário do Conselho Presbiterial da Arquidiocese; a irmã Josefa de Oliveira Dutra (irmã Nenê), representando as comunidades e religiosos; além do ex-deputado Raoni Mendes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *