EM REDE SOCIAL: Cabo Gilberto critica atitude de João Azevedo que teria pedido afastamento de policial que coordenou prisão de advogado do MDB, legenda aliada do governador em Guarabira

Na última segunda-feira (2), o deputado Cabo Gilberto usou as redes sociais para criticar o afastamento do oficial que comandou a operação que, no último domingo (1), resultou na prisão do advogado Fábio Meireles, ex-presidente da OAB em Guarabira.

Segundo o parlamentar, o governador João Azevedo teria determinado ao Comandante Geral da Polícia Militar da Paraíba, o afastamento do Major responsável pela ação, como estratégia de fins políticos, visto que o advogado seria da coligação aliada ao governador, MDB.

No vídeo, o deputado reclama que a lei não teria sido respeitada, já que o policial teria sido afastado sem apuração dos fatos.

“Na atividade policial o que existe é a presunção da culpa e não da inocência, como determina a Constituição Federal”, escreveu, Cabo Gilberto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *