ENTREVISTA: Prefeito Marcus Diogo esclarece novo decreto sobre fechamento do comércio local e ouvintes da rádio questionam incoerência em Decreto Estadual

Atendendo as recomendações do Ministério Público da Paraíba, o prefeito de Guarabira, Marcus Diogo determinou, novamente, o fechamento do comércio local com exceção do serviços caracterizados como essências.

Em entrevista a Rádio Constelação FM, Marcus Diogo esclareceu que o funcionamento do comércio, até então, estava acontecendo em cumprimento ao Decreto Municipal que autorizava a reabertura gradual, como também, exigia uma série de medidas de prevenção ao coronavírus.

Segundo o prefeito, o novo decreto em obediência as recomendações do Ministério Público entra em vigor na quarta-feira (6) após notificação recebida na segunda-feira (4).

Com isso, se solidarizou com os comerciantes que foram notificados pelo PROCON Estadual na manhã de hoje. Marcus explicou também que a ação do Orgão Estadual acontece sem ao menos esperar tempo cabível para que a Prefeitura Municipal de Guarabira divulgasse o novo decreto.

“Guarabira é uma cidade essencialmente comercial. A riqueza de Guarabira está no comércio. Grande parte dos empregos estão no comércio”, disse Marcus ao se solidarizar com os empresários e empregados que perdem o sustento da família após a ação truculenta.

Durante a entrevista alguns telespectadores realizaram ligações para a rádio, afim de questionar a medida que a ação do PROCON Estadual aconteceu, como também, uma suposta incoerência existente no Decreto Estadual que autoriza o funcionamento de feiras livres, onde segundo eles, muitos não obedecem as normas sanitárias necessárias para o funcionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *