Justiça proíbe coligação de Bruno Cunha Lima de usar imagens de evento após aglomeração

Decisão judicial desta sexta-feira (2) impede o candidato a prefeito de Campina Grande Bruno de Cunha Lima (PSD) de utilizar, em seu guia eleitoral, imagens de um evento ‘drive-in’ que provocou aglomeração, em Campina Grande. A determinação foi do juiz da 72ª Zona Eleitoral de Campina Grande, Leonardo Sousa de Paiva Oliveira.

O evento ocorreu na última quarta-feira (30), no Parque do Povo. O juiz estabeleceu pena de multa aos candidatos e à coligação para o descumprimento da decisão.

Segundo o magistrado, os vídeos “demonstram, numa análise prévia, que os representados descumpriram o acordo de vontades firmado com as outras coligações e com a Justiça Eleitoral e desrespeitaram, ainda, os protocolos sanitários estabelecidos pela autoridade estadual de saúde”.

A decisão destaca a presença de pessoas sem distanciamento social no local como ‘forma mais gravosa’.

“O evento, nominado de Drive – In, dispunha de veículos parados, desnaturando a essência do “adesivaço”, que era a proposta informada à Justiça Eleitoral, uma estrutura com elevação para discurso dos candidatos e, de forma mais gravosa, pessoas fora dos veículos, sem distanciamento”, diz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *