Líder do G11 reafirma declarações que assinará pedido de CPI da Calvário caso seja procurado, e esclarece especulações sobre as eleições de outubro

Em entrevista ao programa Correio Verdade, o deputado estadual Felipe Leitão (DEM) esclareceu o posicionamento do G11 em relação ao pedido de impeachment do governador João Azevêdo e da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT).

Líder do grupo, Leitão explicou que ainda não teve acesso a peça protocolada na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), mas que já pediu cópia e o grupo irá análisar junto o pedido do deputado Wallber Virgulido (Patriota). Então não pode ainda se posicionar favorável ou contrário ao pedido.

O parlamentar ainda reforçou o repúdio do G11 a fala do deputado federal Damião Feliciano (PDT), que acusou o presidente da ALPB, deputado Adriano Galdino de estar por trás do pedido de impeachment.

“Toda Casa se sentiu atingida pelas declarações infundadas, levianas e digo até deselegantes do deputado federal Damião Feliciano para com o presidente da Assembleia, e para com todos os demais deputados. Nós nos posicionamos, repudiei a fala do deputado federal, e quando foi hoje, decidimos como um todo (todos os deputados) assinar em conjunto uma moção de apoio e solidariedade ao presidente Adriano Galdino em repúdio as falas de Damião Feliciano”, esclareceu.

Operação Calvário

A entrevista também abordou o maior escândalo de corrupção do Estado. Felipe Leitão reforçou declarações antigas de que assinaria o pedido de CPI da Calvário.

“Quanto mais mecanismos que venham trazer esclarecimento dos fatos a sociedade, eu acho melhor” defendeu.

O líder explicou que já conversou com alguns deputados citados na Operação, e esses também estão de acordo em assinar o pedido de CPI, visto que foram citados apenas em alguns trechos de delações.

“João Azevêdo também, se ele não deve, não teme.” completou.

Eleições 2020

Felipe Leitão esclareceu as especulações que estaria na disputa pela Prefeitura de Cabedelo e de João Pessoa.

O deputado explicou que tem recebido convites da oposição de Cabedelo, mas só irá decidir após o carnaval, quando pronunciará se entrar na disputa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *