Ministro Gilmar Mendes pede informações sobre presos na Calvário à Justiça da Paraíba

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes pediu, com urgência, para o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) e Superior Tribunal de Justiça (STJ), informações sobre os presos na Operação Calvário.

Mendes é o relator do caso no STF e julgará os habeas corpus de Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo Coutinho; José Arthur Viana Teixeira; Vladimir Neiva e Waldson Souza.

“Solicitem-se informações, com urgência, ao TJPB e ao STJ, sobre o que é alegado na inicial. Publique-se. Brasília, 03 de fevereiro de 2020”, diz despacho.

A Operação Calvário investiga núcleos de uma organização criminosa, gerida por Daniel Gomes da Silva, em um esquema de propina no Estado da Paraíba. A organização seria responsável por desvio de recursos públicos, corrupção, lavagem de dinheiro e peculato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *