NÃO CONVENCEU: Manoel Júnior não empolga eleitorado em Pedras de Fogo, passa vexame e é vaiado pela população

O vice-prefeito de João Pessoa Manoel Junior (Solidariedade), vem sofrendo para convencer o eleitorado em sua pré-campanha a prefeito de Pedras de Fogo.

O político que é ex-deputado federal e ex-prefeito do município, tenta reconquistar os moradores da sua terra natal, os mesmos que ele descartou ao tentar alçar voos mais altos ao se eleger vice-prefeito de João Pessoa, cidade onde tentou articular uma pré-candidatura que foi rejeitada pelos próprios aliados. Sem êxito na Capital, resolveu voltar para o povo que abandonou.

Mas, imagens mostram que a população não está aceitando esse retorno e na noite desta quarta-feira (26) Manoel Júnior passou vexame ao tentar conversar com eleitores em suas residências. Uma eleitora questionou as obras inacabadas da gestão de Manoel Júnior e em seguida de sua tia Clarice Ribeiro que foi prefeita, ele se esquivou e saiu deixando a mulher falando sozinha.

Em seguida, ele discutiu com outra eleitora a desafiando. Ela diz que o político deixou a obra de uma creche inacabada nas proximidades de sua casa.

Em 2018 Manoel Júnior não conseguiu ser eleito para a câmara federal e chegou a ter quase 1000 votos a menos que Valdinho Romão em Pedras de Fogo. Valdinho foi candidato a deputado estadual apoiado pelo prefeito Dedé. Vale lembrar que Valdinho Romão teve essa votação expressiva sem nunca ter sido candidato a nada, ao passo que Manoel Júnior está na política desde a década de 80.

Ter abandonado Pedras de Fogo por anos deve ser um dos fatores que levam a esse tipo de situação.

Desde 2010 o grupo político de Dedé Romão não perde para Manoel Júnior.

Bastidores da Política PB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *