Prefeitura de João Pessoa inicia testagem para Covid-19 em três mil pessoas que tiveram síndromes gripais

A Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa iniciou neste domingo (26) a realização de testes para diagnóstico da Covid-19 em pessoas que tiveram síndromes gripais, suspeitas de contágio pelo novo Coronavírus. O trabalho está sendo feito por técnicos da Vigilância Epidemiológica e profissionais das Equipes de Saúde da Família (ESF), que estão fazendo uma busca ativa em usuários atendidos nas Unidades de Saúde da Família (USFs) ou pela Central de Orientação sobre a Covid-19 (Telemedicina).

Segundo a Vigilância Epidemiológica Municipal, os testes serão realizados em usuários que apresentaram os sintomas no período de 17 de março a 17 de abril, com sintomatologia de sete dias da doença.

O objetivo é monitorar usuários através da testagem rápida para Covid-19, notificados com Síndrome Gripal no município de João Pessoa. “Dentro dos dados que temos coletados em nossos sistemas, vamos mensurar o número de indivíduos que tiveram alguma síndrome e, destes, em uma amostragem de três mil pessoas, que apresentaram testagem positiva para covid-19”, destacou Adalberto Fulgêncio, secretário municipal de Saúde.

Cerca de 30 equipes estarão envolvidas na coleta dos materiais para amostragem, que irá gerar um panorama da circulação do vírus na cidade de João Pessoa e, com os dados, os gestores poderão traçar novas estratégias de controle epidemiológico e assistencial na capital.

Os testes foram adquiridos pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), com recursos do Governo Federal, e distribuídos aos municípios que apresentam casos de Covid-19, conforme definido no Comitê Intergestores Bipartite (CIB).

Monitoramento – No sábado (25), foram capacitados os profissionais das Equipes de Saúde da Família (ESFs) para identificar os usuários que tiveram alguma síndrome gripal e procuraram assistência na Central de Orientação sobre a Covid-19 (Telemedicina) ou uma das Unidades de Saúde da Família inseridas no E-SUS. As equipes irão mapear os territórios com casos notificados, realizar os exames e inserir os resultados no sistema.

“As equipes estarão devidamente identificadas e os usuários serão avisados antes de receber os profissionais em suas residências. Esse monitoramento será realizado no prazo de uma semana, entre os dias 27 de abril a 1º de maio”, completou o secretário.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *