Presidente do Cidadania admite candidatura própria em JP após filiação de João Azevêdo: “Tese se reforça”

O vereador Bruno Farias, presidente do Cidadania em João Pessoa, avaliou que a tese de candidatura própria do partido na Capital paraibana nas eleições deste ano se reforça a partir da adesão do governador João Azevêdo à legenda. Ele pontuou, no entanto, que não há uma conclusão sobre o tema internamente.

“Essa é uma discussão que ainda não foi deliberada. Eu particularmente defendo desde o ano passado, o comecinho de 2019, tenho dito que o Cidadania deve assumir o papel de protagonismo nas eleições de 2020. Evidente que a vinda de João Azevêdo essa tese internamente se reforça. Mas seria leviano em dizer que já conversamos e deliberamos sobre isso. Existem algumas teses internas do partido, mas ainda não chegamos a uma conclusão”, declarou à Arapuan Fm.

A legenda se reúne nesta noite para iniciar as discussões visando o pleito municipal da capital. Bruno comentou que o encontro visa organizar o partido para a disputa.

“Estaremos definitivamente abrindo em nosso partido as discussões a respeito do processo eleitoral de 2020 aqui na cidade de João Pessoa. Estaremos recebendo movimentos sociais dos mais diversos. Movimentos de moradia, de mulheres, da juventude, movimento em favor dos direitos das pessoas com deficiência, que defende a negritude, a diversidade humana e também sexual, de trabalhadores. Então, é o Cidadania se organizando em sua base de maneira estrutural para oferecer um novo olhar à cidade de João Pessoa”, comentou.

O governador João Azevêdo não deve participar do encontro de hoje por incompatibilidade de agenda. O Cidadania planeja realizar um novo encontro para receber o governador e prefeitos do Estado ainda neste mês de março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *