PT diz que apoio no 2º turno a candidatos fora do arco de alianças depende de deliberação da executiva nacional

A executiva nacional do PT divulgou resolução em que se posiciona sobre o segundo turno das Eleições 2020, em diversos municípios brasileiros. De acordo com o documento, o foco é “consolidar a vitória nas cidades em que fomos ao segundo turno, fortalecer o campo de oposição democrático e popular e ampliar a derrota de Bolsonaro”, uma referência ao número candidatos alinhados com o presidente que perderam a eleição no primeiro turno.

Segundo apurou o  Partido dos Trabalhadores avalia que teve ampliação de sua participação nas eleições, em 2020. “Como resultado, a votação em candidatos e candidatas do PT nas 26 capitais e 70 cidades com mais de 200 mil eleitores aumentou em 20% em relação a 2016 e levamos 15 candidaturas ao segundo turno e dois candidatos a vice.”

O PT também apontou que, “caberá à direção nacional, ouvidas as direções locais, a deliberação de apoio a candidatos(as) que disputam o segundo turno em partidos que estejam fora do arco de alianças definido na tática eleitoral aprovada pela CEN em 7 de fevereiro’, como é o caso de João Pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *