SAÚDE: Ministério Público monitora entrega de ‘kit covid-19’ com cloroquina para pessoas com suspeita de coronavírus em São Mamede

O Ministério Público da Paraíba passou a monitorar a distribuição de kits de medicamentos com cloroquina pela Prefeitura de São Mamede, após a repercussão do caso. O promotor de Justiça Uirassu de Melo Medeiros fiscaliza se a entrega segue um protocolo médico de atendimento aos casos para que não haja distribuição indiscriminada.

Segundo ele, um dos médicos que atua no município garantiu que a medicação só é administrada a pacientes que apresentam sintomas, mas que, por causa da demora do exame, ainda não tiveram confirmação e após exames. O médico também garantiu que o “kit de medicamentos” não é padronizado e que, cada paciente teria seu tratamento individualizado e pelo SUS.

Uirassu Medeiros também avaliou posts publicados nas redes sociais pelo prefeito do Município, Humberto Jeferson, e que, neles, o gestor dizia que a medicação é para pacientes sintomáticos e prescrita por médicos, e não distribuída aleatoriamente, como se divulgou. O representante do MPPB afirmou que continuará acompanhando as medidas tomadas por São Mamede e por outros municípios da região de Patos, onde atua, relacionadas à saúde da população.

 

Click PB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *