Wallber diz que revê estratégia antes de debate para “ser o que não é” e admite que não estuda detalhadamente plano de governo

“Rever a estratégia e ser o que você não é”. Foi com essa afirmação que o candidato a prefeito de João Pessoa pelo Patriota, Wallber Virgolino, admitiu que se adapta a cada debate para agradar seu eleitorado. Em entrevista a uma rádio local nessa terça-feira (13), ele revelou que decidiu mudar de postura para conquistar mais votos, mesmo que tenha que adotar um comportamento diferente diante da população.

De acordo com ele, “a população quer um político verdadeiro, corajoso”, mas quando um candidato assume essa postura, a sociedade começa criticar e a dizer: “não, ele é agressivo demais. Não quero um doido na Prefeitura”. Então o político precisa se adaptar porque a ‘população não gosta’.

Outra revelação do candidato é a que ele não estuda detalhadamente seu plano de governo para apresentar suas propostas à população e só se prepara para os debates no dia. De acordo com Wallber, o planejamento para sua gestão está disponível no site do Tribunal Regional (TRE) “para o povo consultar” e que o debate não mede capacidade de gestão.

“Debate não mede capacidade de gestão de ninguém. Debate é igual a jogo de futebol. Tem horas que você entra em campo e está bem, e tem horas que está mal psicologicamente e não consegue jogar bem. Isso é um debate. Tem dia que você tá preparado e dá show, tem dia que você não tá preparado e se dá mal. Então debate não mede capacidade de gestão de ninguém”, disse.

“Política se faz pedindo voto na rua. Tem candidato aí que passa dois dias estudando em casa, para ir em um debate. Eu não faço isso. Eu estudo no dia, de tarde”, concluiu Wallber Virgulino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *